1 de mai de 2010

A bala capitalista


Esta aí. Está tudo aí.
Bala, doce capitalista, ouro pelo qual muitos se prostituem (ou melhor, prostituem as pessoas da primeira linha de combate, os de primeiro escalão só recebem passivamente, sem doer). Se uma luta constante é procurar energia limpa, renovável e sustentável, por que, POR QUE, as principais transações comerciais ainda sobrevivem disso? Por que demos importância ao Ibsen se os poços descobertos na costa brasileira ainda nem começaram a produzir (o lucro ainda é especulação)?! Eu imagino o quanto de estudo sobre impacto ambiental foi realizado na área do Golfo do México (qualquer construção que envolva patrimônio nacional, público, ambiental, bem de todos e que represente risco futuros para as gerações tem que apresentar uma giganteca lauda sobre estudo do meio). Mas foi um incidente, aconteceu de repente, quem poderia imaginar? E agora? Agora a gente ferra mais um pouquinho com o planeta. Sempre é assim. Estou cheia disso.


Um comentário:

  1. Pois é, Renata... dinheiro vale mais que saúde, que natureza, que qualquer outra coisa. Por que insistem em usar petróleo quando procuram fontes renováveis? Porque a indústria petrolífera investe cada vez mais dinheiro para que cada vez mais gente gaste mais dinheiro com produtos feitos a base de petróleo, pra eles colocarem mais dinheiro em sua produção e ganharem cada vez mais... um ciclo vicioso.
    E como diz aquela música grudenta do fim dos anos 90 e começo dos 2000 "E o motivo todo mundo já conhece E que o de cima sobe e o de baixo desce"

    ResponderExcluir