13 de mai de 2010

Parte II

Foi o flash de uma viagem de ônibus, mas eu nunca tive tanta felicidade por ter tido um flash.
E o flash se tornou ainda mais intenso quando cheguei do trabalho e aguentei mais uma briga com a minha mãe. Como eu queria ser dona o suficiente de mim mesma para ter um lugar que eu pudesse chamar de meu. Seria perfeito: não aguentaria mais desaforos dos meus pais, não precisaria pedir pro meu irmão arrumar a cama, não daria satisfação das minhas horas no computador. Seria perfeito: eu seria a dona da minha cozinha, eu seria a dona de todas as sacolas de supermercado que compraria para a MINHA casa, eu poderia chamar quem eu quisesse para fazer bagunça no MEU quarto. Seria perfeito: eu acordaria com a pessoa que eu bem entendesse ao meu lado (ficaria horas de porta tracanda) e daria várias festas de arromba para no dia seguinte sentir tanta dor de coluna depois da arrumação. Eu iniciaria a minha vida assim: sendo minha dona.
Posso compartilhar meu flash com vocês?
Vou contar como seria minha casa.
Sou uma menina de muitos encantos e muitos detalhes. Eu moraria num prédio de planta baixa, daqueles antigos, de três andares, no máximo, com janelões de frente, estilo casinha de boneca europeia. Ele seria todo quadradão e do lado teriam várias arvorezinhas. Se eu te falasse qual seria minha janela você reconheceria muito fácil: aquela com persiana branca e várias vazinhos de mini rosinhas, cravinhos e marias sapecas. Minha campainha ia ter som de passarinho, ou aquele clássimo Dim Dom. Você ia entrar e sentir cheiro de incenso - aviso logo. Minha casa inteira seria decorada com móveis antigos e patinados. Minha sala teria um sofá gigante com muitas almofadas (uma de cada cor: laranja, amarela, verde, axul, preta, branca, violeta e aquelas com tecidos indianos!); a parede atrás do sofá seria toda grafitada ou eu pintaria uma letra inteirinha do Coldplay (provavelmente Clocks); minha televisão ficaria numa estante com muitos dvd's e ao lado eu teria um porta CD em espiral multicolorido para colocar todas as minhas músicas dançantes... e áh!! Na janela da sala eu colocaria no meio de todos os vazos de flores aquelas argilas de morenas coloridas que ficam com o braço apoiado, esperando um moço bonito passar.
Minha casa teria vários quadros: daqueles que você encontra no meio da rua e compra! Meu banheiro? Ele teria várias estátuas de elefantes indianos e mini budas na posição do ohm. Eu sempre encheria um frasco com petálas de rosas em cima da pia e do lado de fora do meu chuveiro, bem ao lado, uma cesta de palha com muitos, MAS MUITOS perfumes, cremes, shampoos e coisas cheirosas e que dão vontade de comer só de sentir o cheiro. Minha cozinha será toda em preto e branco e na mesa você só encontraria frutas que a maioria não gosta: kiwis, seriguelas, pitangas, frutas do conde, caquis, graviolas, jabuticabas e bananas!
E meu quarto (*.*) teria uma letra de música, com certeza, pintada na parede e vários quadros de lajota portuguesa (quem sabe o rodapé não seria de lajota portuguesa?). Você encontraria um armário inteiro para pares de sapatos; um armário inteiro para roupas e afins; um cabide inteiro só para jornais e revistas; uma estante inteira só para livros e na minha mesa do computador muitos retratos com as pessoas mais queridas e amáveis que fazem de mim a pessoa maluca que sou acima =]
*Minha cama teria uma colcha gigantescamente fofa e rosa ou verde limão.

2 comentários:

  1. Fico imaginando você lendo esse texto daqui a uns 5 ou 10 anos. Será que você vai querer sua casa do mesmo jeito que quer hoje?

    Não, não foi uma crítica. Gostei da descrição da casa (especialmente da boneca na janela - essas bonecas se chamam "namoradeira" e também quero uma na minha janela, elas me lembram Minas). Mas fico pensando no que eu queria há 5 ou 10 anos, é tão diferente do que quero hoje.

    Estou postando anônimo porque estou em computador público e não gosto de acessar minha conta do google nesses computadores, mas aqui quem fala é o Lucas (Mineiro) C. Silva.

    ResponderExcluir
  2. Eu quero a sua casa logo. :)

    Lelê.

    ResponderExcluir