18 de out de 2009

Vai uma barbie aí? Não, me dá uma cerveja.

Hoje o dia foi tenso aqui no Rio (mais especificamente na área onde eu moro). Helicóptero da polícia caindo, invasão de morro, ônibus queimados e dezenas de jornais metendo o pau no Rio. Já esperava. Amanhã começa tudo de novo e assim continua até as Olimpíadas. Fazer o que né?

Depois de algumas horas sentada estudando, saí. Fiquei umas três horinhas em um pé-sujo com uns amigos. Cheguei por volta das nove da noite. Exatamente na hora em que a matinê (festa em boates para menores de 18) estava terminando. Quando o dono do estabelecimento começou a colocar todos para fora, pasmei! Eram crianças - literalmente - saindo daquele lugar. Meninas com 11 ou 12 anos bebendo smirnoff. Todas seguiam um padrão de roupa: blusas frente única, shortinho (variando com calça jeans no máximo), salto alto, maquiagem, muitas bijuterias. Como a boate é do lado dos bares, as meninas praticamente atiravam-se nos homens que estavam sentados. Ou seja, pirralhinhos crente crente que são adultos.

Eu me pergunto: por onde andam os pais (se é que podem ser chamados de pais)? Como essa banalização da infância é tão presente nos dias de hoje? Gente a infância é a época mais rica e mágica de todas! A pureza, inocência, brincadeiras saudáveis, sonhos dão lugar ao erotismo, preocupação com o corpo, roupas de marca, beijo na boca e bebida.

Depois de um tempo refletindo tristemente na mesa do bar, observei uma mãe chegando ao local e procurando por sua filha. Como elas estavam perto da minha mesa, consegui entreouvir a conversa:


Mãe: - É pra isso que você pediu pra vir? Como que esse troço (a boate) permite uma coisa dessas? Tem gente de dez anos aqui! Da próxima vez você não vem!!! Vai pro carro!

Pelo menos uma cabeça funcionando. Enquanto meus (futuros) filhos pedirem para brincar, serei a mãe mais feliz deste mundo.

Um comentário:

  1. Brinquei de boneca até os 14 e se desse pra voltar no tempo ia aproveitar mais ainda, mais cicatrizes, mais arranhões, mais brincadeiras.
    Será que ninguém vê que é a MELHOR fase da vida?!

    Nunca mais postou hein?! Tava fazendo falta!

    Beeijão

    ResponderExcluir