3 de mai de 2009

Centenário da(s) pequena(s) notável(is).




"Nasci em portugal, mas me criei no Brasil, e, portanto, considero-me brasileira. O local do nascimento não importa, nem sequer o sangue. O que importa é o que os americanos chamam de "environment", a influência do país e dos costumes em que nos geraram. Da minha parte sou mais carioca, mais sambista de favela, mais carnavalesca do que cantora de fados. O sangue tem uma certa importância sim, mas só no temperamento, não na maneira de sentir as coisas."

O trecho acima consta no Museu Virtual de Maria do Carmo Miranda da Cunha, mais conhecida como Carmen Miranda ou A pequena notável. Nascida em 9 de fevereiro de 1909, no Distrito do Porto, em Portugal, Carmen Miranda é uma das mulheres cuja história fascina e inspira.
Na época em que sua carreira projetou-se nos Estados Unidos, era uma mulher no meio dos grandes: "Nós, mulheres, precisávamos usar a mesma linguagem dos homens para sermos respeitadas".
Dona de um estilo sem igual, Maria do Carmo chegou em um país estrangeiro com um vocabulário bastante tímido. Suas perfomances, um tanto desinibidas para a época, e sua voz foram daquelas que pediram licença, entraram e ficaram.
Carmen é considerada uma das artistas mais bem sucedidas da Política de Boa Vizinhaça, criada nos Estados Unidos. Tal política caracteriza-se pela procura de parceiros na Segunda Guerra Mundial; uma das medidas foi incentivar a imigração de artistas latino-americanos. Com 46 anos de idade, em 1955, Carmen Miranda faleceu.
Além de toda a sua história de vida, o que não consta neste post, está a figura que ela representa. Força, vontade e conquista. O objetivo desse post é inspirar cada mulher a seguir em frente, pois somos muitas em uma só, logo, conseguimos.
Pequenas notáveis? Nada disso, Grandes Notáveis! O mundo que se cuide ;)
Beijos e ótimo início de semana!

2 comentários:

  1. Carmem Miranda foi uma mulher a frente do seu tempo, com certeza! Um talento e um dos grandes nomes da música popular brasileira. Apesar de portuguesa o tropicalismo brasileiro era a essência de sua alma.
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Um exemplo de uma grande mulher, entre tantas outras maravilhosas que nem sempre são lembradas pela socidade.

    Obrigada pela visita e boa sorte com a sua faculdade, o mundo da comunicação é maravilhoso!

    Se precisar de alguma dica é só falar.

    ResponderExcluir