3 de mar de 2010

Coisas que me fazem acreditar na vida







A primeira e terceira fotos foram tiradas por mim. A do meio pela minha amiga que estava ao lado. Não somente tiramos: vimos. Não somente vimos: sentimos. São pouquíssimas fotos que divulgarei do dia perfeito e memorabilíssimo que foi domingo (28/02/2010). O show que marcou a minha vida de uma maneira linda, emocionante e encantadora :)
Muitos podem não entender por não gostar de Coldplay, outros entendem e outros nem irão ler. Mas para tudo existe um motivo e o meu motivo não é paixão platônica pelos integrantes (longe de mim até porque a minha realidade é diferente de qualquer um deles). Pelo contrário: é a banda que faz músicas que mais tocam a minha realidade. Que mais dizem respeito sobre mim. Músicas estas que me fizeram chorar de tal forma durante a noite de domingo que simplesmente fiquei sem palavras: as lágrimas escorriam de alegria e por si só já tinham um significado forte, único e que dispensava qualquer murmúrio.
Foi o meu primeiro show internacional e creio que nenhum outro show conseguiria obter a minha vontade, a minha felicidade e o mesmo carinho.
Simples assim: acredito nas letras das músicas porque fazem parte de um sonho meu antigo que se realizou em parte neste domingo. Eles ganham dinheiro em cima da música e sinceramente até vou elogiar o trabalho da banda, da produção e de tudo mais... só que está além disso. Está numa pequena palavrinha que todas as borboletinhas acima significam pra mim: esperança.
As fotos? Transformarei em vida real.

2 comentários:

  1. cara, só que foi pode dizer... um dos melhores momentos da minha vida, nunca senti isso antes, te juro.

    ResponderExcluir
  2. eu senti EXATAMENTE a mesma coisa!
    Tinha ido no show do oasis, mas, mesmo sendo minha banda preferida, nao me emocionou tanto quanto no show do coldplay... A cada música, as lágrimas se misturavam com a chuva, que se misturavam com a alegria de estar lá, com a tristeza de não conseguir ver o palco em alguns momentos, que se misturou com a emoção da borboleta rosa pousar levemente na minha mão, mesmo com um monte de mãos em cima da minha tentando pega-las, enquanto eu apenas estava cantando, olhando pro céu, com esse mesmo sentimento q vc descreveu... Acho que eu dei mais valor avida, mais valor as coisas simples [mais do q eu já dava], dando mais valor aos amigos e aos pequenos momentos que se tornam eternos...
    *-*

    ResponderExcluir