16 de out de 2010

Saldos ao final do dia

Doces. Muitos Deles. Bis, na grande maioria. Uma vontade enorme - fudidamente enorme - de sair de casa e ir pra praia, ouvindo Coldplay e descobrindo músicas novas; sair fantasiada de Drag Queen com um salto palataforma-meia-pata-embutido tamanho 15 cm e voltar pra casa só quando as pernas e os pés estivessem pedindo mais de tão acostumados à boemia e o corpo pensando na quantidade de ZzZzz'ss afogados e revertidos em... (?) puro êxtase

Mas não. O que aconteceu foi uma sucessão de estímulos cerebrais convertidos em bites na tela do computador. Temo pela vida dos meus dedos e suas futuras artroses e temo pela sanidade. Do meu final de semana.

E eu devo a duas pessoas em especial. Uma que me ouviu e abriu os olhos. Outra que me fez fechar os olhos por dez minutos presenciais. Amo os dois.

E pra animar os ânimos desfalecidos deste sábado melancólico e quadrático:

5 de out de 2010

O que é que o Brasil tem?

Que me desculpem os europeus, mas o Brasil dá de dez a zero em qualquer Europa.
As pessoas irão dizer: "você nunca foi, como pode afirmar? Dã!?"

é verdade! nunca fui, pretendo ir, mas de uma coisa eu tenho certeza: sempre voltarei.
E daí não falo apenas como brasileira, mas como uma soteropolitana que adotou o carioquismo. Mesmo me referindo ao Brasil, impossível não olhar e falar do dito cujo sem aquele pézinho fincado na gema. Sei que meu país não se chama Rio de Janeiro, mas é uma parte dele, certo?

Por todos os lados você sente cores, calor, tradições, pessoas ricas, pessoas pobres, o funk do favelado que os moradores da Vieira Souto escutam, o sertanejo do centro que veio parar nas "beirola"... riqueza não pelo dinheiro, mas por ser Brasil. Problemas tem aos montes, mas quem ama cuida.

Dá até vontade de repetir o nome várias vezes. Brasil, Brasil, BRAsil, braSIL, Bra-s-i-l... Com 's', com pátria e como nação. Não é apenas futebol e samba.

Dá até pena de quem disser: "É por isso que o país tá desse jeito!"
Coitado, nunca sentiu o que é ser Brasil de verdade. Porque você nao vai pra Europa? Mas vai e fica, tá? Canção do exílio pra você, por pelo menos uns dez anos!